Comunicado de imprensa

PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA

TAMBÉM DISPONÍVEL EM English, Español, Français, Bahasa Indonesia, Kiswahili

 

Contacto: 

Camilla Valadares, Oceana, cValadares@oceana.org

 

Nova plataforma global liga os pescadores de pequena escala para melhorar a sustentabilidade e os meios de subsistência

Plataforma interativa e multilíngue reúne pescadores, trabalhadores da pesca, comunidades e aliados

 

(WASHINGTON – 1 de fevereiro de 2021) Uma coligação global de parceiros que trabalham na pesca de pequena escala e colaboram com a mesma lançou o Hub de recursos e colaboração da pesca de pequena escala, ou SSF Hub, uma plataforma online multilíngue e interativa para reforçar a administração da pesca de pequena escala e o desenvolvimento das comunidades. O lançamento do SSF Hub coincide com a reunião anual do Comité das pescas da Organização para a Alimentação e a Agricultura da ONU, que se realiza esta semana, e dá resposta às Diretrizes Voluntárias para Assegurar a Pesca de Pequena Escala Sustentável no Contexto da Segurança Alimentar e da Erradicação da Pobreza (ou Diretrizes PPE), a fim de apoiar os meios de subsistência dos pescadores de pequena escala e das comunidades piscatórias.

“A pesca é a espinha dorsal das comunidades piscatórias costeiras e interiores em todo o mundo, proporcionando alimento e nutrição, apoiando empregos relacionados com a pesca, ajudando a aliviar a pobreza, sustentando uma ligação cultural com os sistemas marítimos e fluviais e tendo uma enorme influência na biodiversidade”, afirmou o Dr. Simon Cripps, diretor executivo para a conservação marinha da Wildlife Conservation Society. “O SSF Hub vai ligar pescadores e outras partes interessadas em todo o mundo para aprenderem entre si, partilharem informações e, em última análise, promoverem um maior bem-estar, um uso sustentável do mar e uma melhor conservação da natureza marinha e fluvial”, acrescentou.

A pesca de pequena escala providencia muitos contributos essenciais para ecossistemas oceânicos e fluviais saudáveis, segurança alimentar e nutricional, meios de subsistência e alívio da pobreza em todo o mundo. O SSF Hub satisfaz uma necessidade crucial de ajudar os pescadores e as comunidades piscatórias a partilharem as respetivas histórias e experiências com os seus pares em todo o mundo e acederem aos mais recentes estudos e inovações sobre a pesca de pequena escala.

Os membros da comunidade do SSF Hub podem participar em vinte idiomas e podem aceder a fóruns de discussão online, grupos regionais e baseados em tópicos, infografias, ferramentas práticas para apoio da tomada de decisões locais, vídeos e estudos de casos. Tal permite que esta comunidade global da pesca de pequena escala se interligue e colabore como nunca antes foi possível. O SSF Hub é fácil de utilizar, está acessível por meio de dispositivos móveis ou computadores e inclui tradução instantânea para que a comunidade possa interagir sem barreiras linguísticas.

“O acesso a informações e experiências de todo o mundo contribui para o empoderamento dos atores da pesca de pequena escala, permitindo-lhes uma melhor participação ou condução nos processos de tomada de decisões sobre os seus meios de subsistência”, afirmou Vera Agostini, vice-diretora da Divisão de Pescas da FAO. “Também possibilita que os parceiros do desenvolvimento aprendam mutuamente acerca de ferramentas e experiências e cria oportunidades para o tipo de parcerias e sinergias de que precisaremos para implementar as Diretrizes PPE.”

“A pesca e os alimentos aquáticos são fundamentais para satisfazer a nossa necessidade global de nutrição e meios de subsistência”, afirmou Jenny Oates, diretora de desenvolvimento do conhecimento da Blue Ventures. “Nove em cada dez empregos a tempo inteiro e parcial na indústria da pesca enquadram-se na pesca de pequena escala e cerca de metade da mão-de-obra é constituída por mulheres. Quase todo o peixe capturado por pescadores de pequena escala é consumido localmente. Os pescadores de pequena escala merecem apoio e o SSF Hub é uma forma de nos podermos apoiar uns aos outros.”

“Gosto do Hub porque se centra na pesca de pequena escala. Foi a primeira vez que vi algo [um sítio como este] mais focado nos pescadores”, afirmou Mario Gasalatan, consultor de ONG e representante dos pescadores da cidade de Cebu, Filipinas.

O SSF Hub foi concebido para e com os pescadores, trabalhadores da pesca, respetivas comunidades e seus aliados através de um processo participativo, com o objetivo de os capacitar para a partilha de conhecimento e a aprendizagem mútua. Mais de cem pessoas de 19 países diferentes, representando organizações piscatórias, grupos de conservação e consultores especializados, deram contributos ao longo do desenvolvimento do Hub. Esta preciosa colaboração levou à criação de funcionalidades como os fóruns, onde os utilizadores podem comunicar sobre temas de interesse, partilhar histórias e fazer perguntas. Os visitantes do Hub também podem aceder a uma biblioteca de recursos que contém estudos de casos, ferramentas de gestão, cursos online gratuitos e outros materiais da FAO, de ONG e de outras entidades. O SSF Hub será continuamente atualizado com as mais recentes novidades em tecnologia adequada à pesca de pequena escala, estudos e êxitos.

“Através do Hub, a comunidade da pesca de pequena escala está a dar mais um passo importante no sentido de criar capacidade mundial para gerir as pescas de forma sustentável por forma a que as comunidades possam prosperar, apesar dos muitos desafios que enfrentam, das alterações climáticas à COVID e à segurança alimentar e nutricional”, afirmou Eric Schwaab, vice-presidente superior para o programa de oceanos e ecossistemas do EDF. “O SSF Hub foi concebido para proporcionar aos pescadores as ferramentas de que necessitam para terem sucesso face a esses e a outros desafios.”

O SSF Hub pode apoiar a aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que incluem a erradicação da pobreza, a redução da desigualdade, a proteção do planeta e a asseguração da saúde e do bem-estar. A pesca de pequena escala é crucial para atingir muitos desses objetivos, incluindo a ajuda no que toca a aliviar a pobreza, estabelecer a segurança alimentar, apoiar a boa saúde e a nutrição e proporcionar segurança económica a milhões de pessoas. Reconhecer o papel da pesca de pequena escala no apoio à prosperidade das comunidades e na concretização dos ODS é um caminho importante no sentido de um futuro mais sustentável para todos.

###

Abalobi

A ABALOBI ICT4FISHERIES é um empreendimento social sediado em África, orientado para os pescadores e com alcance global. A missão da ABALOBI consiste em contribuir para a prosperidade, a igualdade e a sustentabilidade das comunidades de pesca de pequena escala na África do Sul e não só, através do desenvolvimento conjunto de tecnologia. A nossa abordagem centra-se na consecução de etapas tangíveis, com base num conjunto de aplicações móveis que se relacionam com a rastreabilidade do pescado, a pesca plenamente documentada, as cadeias de abastecimento justas e transparentes e a coesão e o empreendedorismo comunitários como precursores importantes do lançamento de ações de melhoria ecológica de longo prazo associadas a uma transição para a sustentabilidade ecológica. Siga-nos no Twitter, @abalobi_app, ou visite o nosso sítio abalobi.org.

Blue Ventures

A Blue Ventures desenvolve abordagens transformadoras para catalisar e sustentar a conservação marinha conduzida localmente. A Blue Ventures trabalha nos trópicos costeiros, em lugares onde o oceano é vital para as culturas e economias locais, e está empenhada em proteger a biodiversidade marinha de formas que beneficiem as populações costeiras. Os modelos da Blue Ventures desempenham um papel crucial na reconstrução da pesca de pequena escala, oferecendo abordagens eficazes e reproduzíveis para reverter a perda de biodiversidade, melhorar a segurança alimentar e criar resiliência socioecológica às alterações climáticas. Ligue-se a nós no Twitter: @BlueVentures.

Conservation International

A Conservation International trabalha para proteger os benefícios cruciais que a natureza proporciona às pessoas. Através da ciência, de parcerias e de trabalho de campo, a Conservation International está a impulsionar a inovação e os investimentos em soluções baseadas na natureza para a crise climática, a apoiar proteções para habitat críticos e a promover o desenvolvimento económico fundamentado na conservação da natureza. A Conservation International trabalha em trinta países de todo o mundo, capacitando as sociedades a todos os níveis para criar um planeta mais limpo, saudável e sustentável. Siga o trabalho da Conservation International nas Conservation News, no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube

Environmental Defense Fund

Uma das principais organizações internacionais sem fins lucrativos do mundo, o Environmental Defense Fund (edf.org) cria soluções transformacionais para os problemas ambientais mais graves. Para tal, o EDF interliga ciência, economia, direito e parcerias inovadoras do sector privado. Com mais de 2,5 milhões de membros e representações nos Estados Unidos da América, na China, no México, na Indonésia e na União Europeia, cientistas, economistas, advogados e especialistas em políticas do EDF estão a trabalhar em 28 países para converter as nossas soluções em ação. Ligue-se a nós no Twitter: @EnvDefenseFund.

Fauna & Flora International

A FFI protege espécies e ecossistemas ameaçados em todo o mundo, escolhendo soluções sustentáveis, baseadas em ciência sólida e tendo em conta as necessidades humanas. Com atividade em mais de quarenta países de todo o mundo, a FFI salva as espécies da extinção e os habitat da destruição, ao mesmo tempo que melhora a subsistência das populações locais. Fundada em 1903, a FFI é a mais antiga entidade internacional de conservação do mundo e uma instituição de caridade registada. Saiba mais no nosso sítio web, fauna-flora.org, ou ligue-se a nós no Twitter: @faunafloraint.

International Pole & Line Foundation

A International Pole & Line Foundation (IPNLF) promove a gestão sustentável da captura responsável de atum em todo o mundo, por meio de pesca de salto e vara, de pesca à linha de mão e de pesca ao corrico (conjuntamente conhecidas como “um a um”), ao mesmo tempo que reconhece a importância de salvaguardar os meios de subsistência que ela apoia. O trabalho da IPNLF no sentido de desenvolver, apoiar e promover a pesca um a um do atum é subsequentemente harmonizado na sua totalidade com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Acreditamos que é essencial uma administração global eficaz e equitativa para proteger e restaurar os oceanos, o que deve ser conseguido assegurando a participação das comunidades locais e costeiras nos processos de tomada de decisões.

A sustentabilidade ambiental na pesca do atum só pode ser plenamente alcançada acabando com a pesca excessiva e as práticas piscatórias destrutivas que estão a conduzir à degradação de espécies, habitat e ecossistemas marinhos já ameaçados. Aliada aos seus membros, a IPNLF demonstra o valor do atum capturado um a um para os consumidores, os decisores políticos e toda a cadeia de abastecimento. A IPNLF trabalha nos sectores da ciência, das políticas e do pescado, aplicando uma abordagem baseada em dados concretos e centrada em soluções, com orientação estratégica do nosso conselho diretivo e aconselhamento dos nossos comité consultivo científico e técnico (STAC) e grupo consultivo de mercado (MAG).

Ocean Outcomes

A Ocean Outcomes (O2) é uma organização internacional que trabalha com as comunidades locais e o sector da pesca e do pescado para melhorar a sustentabilidade ambiental, social e económica da pesca. As iniciativas de melhoria baseada na ciência da Ocean Outcomes incluem: avaliações, análises das cadeias de abastecimento, envolvimento dos compradores, programas de rastreabilidade, projetos de melhoria da pesca e convocação das partes interessadas. Ao restaurar e proteger a pesca, a Ocean Outcomes apoia a saúde a longo prazo das comunidades locais, das cadeias de abastecimento de pescado e dos recursos oceânicos de que todos dependemos. Saiba mais em oceanoutcomes.org.

Oceana

A Oceana é a maior organização internacional de patrocínio dedicada exclusivamente à conservação dos oceanos. A Oceana está a restabelecer oceanos férteis e biodiversos, ao conseguir políticas baseadas na ciência em países que controlam um terço da captura de peixe selvagem do mundo. Com mais de 225 vitórias contra a pesca excessiva, a destruição dos habitat, a poluição e a morte de espécies ameaçadas, como as tartarugas e os tubarões, as campanhas da Oceana estão a produzir resultados. Um oceano recuperado significa que mil milhões de pessoas poderão desfrutar de uma refeição de pescado saudável, todos os dias, para sempre. Juntos, podemos salvar os oceanos e ajudar a alimentar o mundo. Visite www.oceana.org para saber mais.

Wildlife Conservation Society

Com mais de quatro mil elementos, a Wildlife Conservation Society exerce atividade em quase sessenta países, protegendo todo o leque conhecido de mais de cem espécies ameaçadas e 9,3 milhões de quilómetros quadrados em quatro continentes e nos oceanos do mundo. O programa marinho global da WCS concebe e implementa soluções oceânicas inovadoras, liderando iniciativas de conservação no terreno em 24 países dos cinco oceanos com uma equipa de mais de 400 especialistas em assuntos marinhos. Os nossos programas em redutos de biodiversidade costeiros reforçam a proteção dos oceanos, melhoram a gestão da pesca e conservam espécies marinhas vitais. Centramo-nos na pesca sustentável, nos recifes de coral, na criação e gestão de áreas marinhas protegidas (AMP), nos tubarões e raias e nos mamíferos marinhos.

World Wildlife Fund

O WWF é uma organização de conservação independente com mais de trinta milhões de seguidores e uma rede global ativa em quase cem países. Temos por missão deter a degradação do ambiente natural do planeta e construir um futuro em que as pessoas vivam em harmonia com a natureza, conservando a diversidade biológica mundial, assegurando que o uso de recursos naturais renováveis seja sustentável e promovendo a redução da poluição e do desperdício no consumo. Visite panda.org/news para as mais recentes notícias e recursos de comunicação; siga-nos no Twitter: @WWF_Media.

Image
SSF Hub Partners Logos

 

 Folha de citações: SSF Hub

Agatha Ogada, técnica de apoio a parceiros da pesca, Quénia, Blue Ventures
“Os desafios enfrentados pela pesca de pequena escala e por aqueles que dela dependem são enormes. Por meio do SSF Hub, aqueles que trabalham nesta área podem interligar-se, partilhar ensinamentos e melhorar a prática. Por exemplo, em conversa com um perito em pesca de pequena escala no Pacífico, tive oportunidade de ouvir ideias que poderiam ser adaptadas para resolver problemas que enfrentamos no Quénia. A plataforma providencia um espaço específico para debater, celebrar os êxitos e criar soluções inovadoras para a pesca de pequena escala.”

Imani Fairweather Morrison, responsável de programas, pesca de pequena escala global, Oak Foundation
“Os pescadores de pequena escala estão compreensivelmente interessados na sustentabilidade dos seus meios de subsistência e das comunidades costeiras. O SSF Hub traz soluções geradas por parceiros de ONG para pescadores de todo o mundo em vários idiomas e capacita-os para a obtenção e aplicação das soluções que considerem mais relevantes para o seu contexto local. Confiamos em que o envolvimento dos pescadores na sua conceção resulte numa utilização e numa adesão com grande energia, capacitando os pescadores para participarem na administração da pesca em todo o mundo.”

John Tanzer, chefe da Ocean Practice, World Wildlife Fund
“Com as crescentes ameaças à saúde dos oceanos e ao bem-estar das comunidades costeiras, temos de ser mais eficientes no desenvolvimento e implementação de soluções conduzidas pelas comunidades. O SSF Hub é uma ferramenta poderosa para acelerar a partilha de conhecimentos, desenvolver capacidades e aumentar a influência dos pescadores de pequena escala.”

Miriam Bozzetto, analista de campanhas, Oceana Brasil
“A pesca de pequena escala é essencial para a sobrevivência de milhares de Brasileiros. É a única fonte de rendimento para famílias que têm vivido historicamente da pesca artesanal. Embora o Brasil não disponha de estatísticas sobre pesca há mais de uma década, sabemos que 70% do peixe do país provém da pesca de pequena escala. É essencial que os governos e as entidades não governamentais que trabalham na área da pesca compreendam a importância e a diversidade da pesca de pequena escala, a fim de assegurar a aplicação de políticas públicas que defendam os direitos desses trabalhadores, bem como o reforço da sustentabilidade dessas atividades.”

Dra. Philippa Cohen, chefe do programa de investigação, pesca de pequena escala resiliente, WorldFish
“A pesca de pequena escala carateriza-se por ser complexa e dinâmica. Em vez de sugerir ingenuamente que existe uma abordagem universal à inclusão dos pescadores de pequena escala ou à sustentação dos benefícios da pesca de pequena escala, o SSF Hub constitui uma coleção incrivelmente valiosa de recursos e conhecimentos que foram desenvolvidos com os pescadores de pequena escala, em diferentes lugares, para diferentes contextos e para um leque de objetivos.”

Roy Bealey, diretor de pescas, International Pole & Line Foundation
“Ao longo da próxima década, é essencial que nos unamos para melhorar a saúde dos oceanos e assegurar que a pesca de pequena escala possa continuar a prestar sustentavelmente um apoio crucial às comunidades que dela dependem. A cooperação será fundamental, ao passo que o SSF Hub proporciona uma ferramenta poderosa e oportuna para nos ajudar num sucesso conjunto.”

Sophie Benbow, chefe da área marinha, Fauna & Flora International
“A FFI apoia mundialmente as comunidades da pesca de pequena escala na participação em práticas piscatórias respeitadoras da biodiversidade. O SSF Hub proporciona uma oportunidade excelente para os próprios pescadores estabelecerem contacto com colegas de profissão em todo o mundo, aprenderem, partilharem experiências e aperfeiçoarem as suas técnicas melhorando a sustentabilidade.”

             Join the community